PUBLICIDADEspot_imgspot_img
27 C
Cuiabá
domingo, 4, dezembro, 2022

Autorresponsabilidade e seus benefícios para potencializar resultados

Você já deve ter ouvido falar que você é inteiramente responsável pela vida que leva, e isso não é um ditado, é um fato.

Na escalada da alta performance pessoal e profissional, ter consciência e inteligência emocional é um grande começo e podem gerar alterações e transformações na vida e nos resultados, acompanhados também da autorresponsabilidade, que seria a habilidade, tanto racional quanto emocional, de se responsabilizar por todos os acontecimentos nas mais diversas áreas de nossas vidas.

Identificar as atitudes que contribuíram para determinado incidente ajudará a curto, médio e longo prazo, numa mudança e melhora em ações objetivas e assertivas que assegurarão maior controle da própria e atingimentos de metas positivas no dia a dia.

Há um termo em inglês chamado Accountability, que é a habilidade que um indivíduo tem de apropriar-se das situações em que está envolvido como resultado de suas próprias escolhas e ações.

É uma virtude pessoal, relacionada à habilidade de pegar a responsabilidade para si e gerar resposta com resultados positivos, já que é mais fácil ter a quem culpar do que assumir a escolha, sejam elas certas ou erradas.

Esse conceito ou definição pode parecer em um primeiro momento muito forte, pois traz a reflexão de que ao olhar para seus resultados, bons ou ruins, a responsabilidade é somente sua, mas na realidade você que se colocou ou ao menos se permitiu estar onde chegou e ter o que conseguiu alcançar.

Uma das histórias de autorresponsabilidade que mais gosto de falar é a do Nelson Mandela. Como muitos sabem, ele ficou preso  cerca de 26 anos. Em todo esse período, ele não se juntou aos outros presos, que focavam em dizer que eram vítimas do governo e do preconceito racial. Ele simplesmente decidiu controlar ali a única coisa que podia, que eram seus pensamentos, sentimentos e ações. E foi ali dentro da prisão, que ele estava estudando e desenvolvendo ainda mais o seu intelectual e se preparava em silêncio para ser o primeiro presidente negro da África do Sul.

Quando ele foi questionado por agir de uma forma positiva dentro daquele local, ele respondeu: “Meu corpo eles podem ter prendido, mas minha mente sou eu quem controlo. Posso responsabilizá-los pelas suas atitudes, porém sou o único responsável por meus sentimentos”. (Nelson Mandela).

É fundamental aprendermos a viver em primeira pessoa e a deixar para trás a velha história de que foram os outros ou o acaso que contribuíram para chegarmos onde estamos, nos tornando responsáveis pelas nossas escolhas e rumos de nossa vida.

Compreenda que autorresponsabilidade é um processo e o tempo te mostrará os benefícios. Buscar soluções e sugestões, aprender com os erros, evitar culpar o próximo e buscar autoconhecimento, são pequenas atitudes que, se praticadas diariamente, poderão ser um início de novas possibilidades e oportunidades batendo à sua porta!

*Fábio Lima é consultor e mentor especialista em gestão empresarial, CEO da LCC – Light Consulting e Coaching. lightconsulting.com.br

MAIS LIDAS
PUBLICIDADEspot_img
NOTÍCIAS RELACIONADAS
PUBLICIDADEspot_img

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui