PUBLICIDADEspot_imgspot_img
33 C
Cuiabá
sábado, 23, outubro, 2021

Profissionais da Educação do município aderem a Campanha Vacina Solidária

A campanha já arrecadou mais de 5 toneladas de alimentos não perecíveis que estão sendo distribuídos às famílias em situação de vulnerabilidade

Na manhã desta sexta-feira (4), durante o lançamento da imunização dos profissionais da Educação, no Senai localizado no bairro do Porto, os Técnicos de Desenvolvimento Infantil (TDI), que abriram de forma simbólica mais essa etapa de vacinação, depositaram produtos para a Campanha Vacina Solidária.

Idealizada pela primeira dama Márcia Pinheiro, a Campanha Vacina Solidária já arrecadou, mais de 5 toneladas produtos. A campanha foi criada com o objetivo de arrecadar alimentos, de forma voluntária, nos polos de vacinação contra o Coronavírus. A doação não é obrigatória, já que se trata de uma ação humanitária para auxiliar as pessoas em situação de vulnerabilidade financeira.

“Em razão da pandemia, muitas famílias estão precisando. Mais de 5 toneladas de alimentos não perecíveis já foram arrecadadas e contamos com a solidariedade de todos nessa causa humanitária. A doação do alimento não é pré-requisito para se tomar a vacina. A doação é voluntária e, um ato de amor ao próximo nesse momento onde muitas famílias se encontram em uma situação financeira difícil, porque perderam sua fonte de renda e estão desempregados”, afirmou a primeira dama Marcia Pinheiro.

Podem ser doados alimentos não perecíveis como arroz, feijão, óleo, macarrão, farinha, leite em pó, café, e outros produtos de primeira necessidade.

O Técnico de Desenvolvimento Infantil (TDI) Lindoclecio Besarria da Silva, falou importância de ser solidário nesse momento em que muitas famílias estão vivendo momentos muito difíceis. “É um gesto de solidariedade. Então aqueles que puderem cooperar com a campanha, será de grande ajuda para que famílias e instituições que precisam possam superar esse momento. Nós, como educadores precisamos dar o exemplo”, disse o educador.

A diretora do Centro Municipal de Educação Infantil (CMEI) Paulo Ronan, Rosângela de Jesus Souza Pereira disse que esse é um momento especial, em que todos precisamos ter empatia com o próximo. Como professores e educadores que somos e aqueles que puderem ajudar, temos que nos unir, em prol das famílias que necessitam”, destacou.

A secretária adjunta de Educação, Debora Marque Vilar falou sobre a campanha. “Estamos convidando todos os profissionais da Educação para se unirem a nós nesse projeto tão bonito que é o Vacina Solidária. Ao irem se vacinar aqueles que puderem, levem um alimento não perecível para que possamos contribuir com as famílias que estão passando necessidade neste momento, principalmente por conta da pandemia. É um convite para que juntos possamos possamos além da imunização, também ajudar as famílias de Cuiabá”, disse a secretária adjunta, Debora Marques Vilar.

MAIS LIDAS
PUBLICIDADEspot_img
NOTÍCIAS RELACIONADAS
PUBLICIDADEspot_img

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui