PUBLICIDADEspot_imgspot_img
22 C
Cuiabá
sexta-feira, 30, setembro, 2022

Trio “MNM” terá que aceitar ficar no banco, diz técnico do PSG

Sob comando de Galtier, PSG marcou 24 gols nos 6 primeiros jogos

O Paris Saint-Germain precisará de todos os seus recursos se quiser brilhar em todas as frentes nesta temporada, e isso significa que seu formidável trio de ataque “MNM” precisará ficar no banco às vezes, goste ou não.

Enquanto Mauricio Pochettino raramente substituia Lionel Messi, Kylian Mbappé ou Neymar, seu sucessor Christophe Galtier não hesitou em colocar o brasileiro no banco no sábado (3), três dias antes da estreia da Liga dos Campeões contra a Juventus.

Neymar entrou em campo após uma hora de jogo, e foi Mbappé quem abriu caminho para a vitória por 3 a 0 sobre o Nantes.

Messi é o que mais jogou entre os três, embora também tenha sido substituído nos momentos finais contra Mônaco e Toulouse.

Galtier, que assumiu nesta temporada, havia alertado que o time viria em primeiro lugar, e ele tem sido fiel à sua palavra. O PSG marcou um recorde de 24 gols nos seis primeiros jogos do campeonato.

“Falei sobre isso duas vezes – uma vez com cada um deles e uma vez com todo o elenco, para dizer a eles que era assim que seria e que tínhamos que ter a atitude certa e aceitar isso”, disse Galtier.

Com um calendário lotado em meio à chegada da Copa do Mundo no fim do ano, Galtier disse que havia pouca escolha.

“Jogamos muito, a cada três dias, depois a cada quatro dias, e depois há a Copa do Mundo. Todos têm que entender que não poderão jogar todos os jogos”.

MAIS LIDAS
PUBLICIDADEspot_img
NOTÍCIAS RELACIONADAS
PUBLICIDADEspot_img

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui