36 C
Cuiabá
domingo, 25/fevereiro/2024

21 Cartórios de Mato Grosso recebem o Prêmio de Qualidade Total Anoreg/BR 2022

- Publicidade -spot_imgspot_img
- Publicidade -spot_imgspot_img

Com a premiação de 21 Cartórios de Mato Grosso, a Associação dos Notários e Registradores do Brasil (Anoreg/BR) realizou nesta terça-feira (06.12), em Brasília/DF, a cerimônia oficial de entrega do 18º Prêmio de Qualidade Total Anoreg/BR (PQTA), iniciativa que reconhece a excelência de gestão e qualidade no atendimento das unidades de Notas e de Registros do País. Em razão dos cuidados necessários em razão da atual conjuntura da COVID-19, tanto as auditorias como a premiação se deram de forma híbrida, com participantes de forma presencial e transmissão online.

Com a presença de cartórios de 24 unidades federativas, o estado Mato Grosso contou com 21 Cartórios participantes, tendo sido premiado 1 na categoria bronze, 4 na categoria prata, 8 na categoria ouro e 8 na categoria diamante.

“Somos vencedores das duas edições do PNA e isso, para a nossa diretoria, não tem preço. Sabíamos da dificuldade de manter a primeira colocação, mas, graças ao trabalho de toda a nossa classe, conseguimos nos manter no topo. Somos muito gratos ao nosso Comitê de Qualidade, integrado pelos colaboradores Andréia Ferreira, Vinícius Borges e Loraine Souza, que receberam os auditores e o acompanharam em todos os procedimentos e requisitos solicitados”, afirmou a presidente Velenice Dias de Almeida. “Estendemos os cumprimentos a todos nossos colaboradores, bem como a todos os colegas notários e registradores do Estado, sem os quais não conseguiríamos obter esse prêmio. A nossa classe é muito comprometida com estudos e resultados e esse prêmio mostra isso. Que nossa união se estreite ainda mais para, juntos, irmos em busca da terceira vitória”, completa.

Durante a cerimônia, o ministro Luís Felipe Salomão destacou a importância da premiação que avalia a qualidade dos serviços prestados à população. “Este prêmio cumpre um papel muito importante ao selecionar os serviços notariais e de registros brasileiros que se destacam pela qualidade na gestão organizacional e na gestão de relacionamento com os usuários”, afirmou. O ministro ainda destacou “a Corregedoria Nacional de Justiça apoiará qualquer iniciativa que venha a contribuir para o aperfeiçoamento da atividade extrajudicial e que redunde na melhoria e na qualidade do serviço em benefício do cidadão”.

Já o estado do Ceará teve o maior número de premiados, com 22 unidades, e Minas Gerais, com 21; Goiás e Pará, com 20; São Paulo, com 15; Santa Catarina, com 13; Bahia, com 12; Rio Grande do Sul, com 9; Amazonas, com 6; Paraná, com 5; Espirito Santo, com 4; Pernambuco e Rio de Janeiro, ambos com 3; Acre, Alagoas, Amapá, Maranhão, Paraíba, Rio Grande do Norte e Rondônia com 2 cada; e Mato Grosso do Sul, Piauí e Sergipe; com 1 cada estado.

Entre as unidades premiadas, 130 cartórios receberam a condecoração na categoria Diamante, 42 na categoria Ouro, 15 na categoria Prata, 3 cartórios na Bronze e 1 como Menção Honrosa. Além das categorias tradicionais do PQTA, também foram entregues os prêmios nas categorias Rubi Master, com 42 cartórios condecorados, entregue àqueles que conquistaram quatro prêmios Diamantes consecutivos, e o Rubi Evolução, com 14 unidades premiadas por terem tido oito participações consecutivas no PQTA com evolução, incluído o resultado obtido no ano de 2022.

Prêmio Cartório Digital

A 18ª edição do PQTA reconheceu ainda as práticas implementadas por Cartórios Digitais, segmentados por especialidades: Registro Civil, Registro de Imóveis, Registro de Títulos e Documentos e Pessoas Jurídicas, Tabelionato de Notas e Tabelionato de Protesto. Independentemente da premiação nas categorias e modalidades listadas acima, a Comissão Organizadora destacou, dentre os cartórios auditados, aqueles que apresentaram iniciativas que melhor representassem o esforço da unidade para adaptações à prestação de serviços em meio eletrônico.

Avaliação

Como forma de garantir a integridade nas notas, a auditoria das serventias participantes é realizada de maneira independente pela Apcer Brasil, que faz parte do Grupo de Associação Portuguesa de Certificação, organismo referência do setor da certificação na Europa e presente nas Américas, África, Oriente Médio e Ásia, cujos auditores visitam cada uma das unidades inscritas.

Os cartórios foram avaliados com base em dez critérios diferentes: Estratégia; Gestão Operacional; Gestão de Pessoas; Instalações; Gestão de Segurança e Saúde no Trabalho; Gestão Socioambiental; Gestão da Informatização e Controle de Dados; Gestão da Inovação; Compliance, e Continuidade do Negócio. Cada critério gera uma pontuação que totaliza a premiação nas categorias: Bronze, Prata, Ouro e Diamante. Ao fim da premiação, cada cartório recebe um relatório individualizado de sua auditoria, com uma comparação com os demais concorrentes, e a Anoreg/BR publica um Manual de Boas Práticas com recomendações e destaques observados durante o período de avaliação.

Anoreg/BR

Fundada no dia 4 de maio de 1984, com sede na cidade de Brasília (DF), a Associação dos Notários e Registradores do Brasil (Anoreg/BR) é a única entidade da classe com legitimidade, reconhecida pelos poderes constituídos, para representar os titulares de serviços notariais e de registro do Brasil em qualquer instância ou Tribunal, operando em harmonia e cooperação direta com outras associações congêneres, principalmente com os Institutos Membros e Sindicatos, representativos das especialidades. É regida pelo Código Civil brasileiro, pelas demais disposições legais aplicáveis e pelo Estatuto.

- Publicidade -spot_imgspot_img
Últimas notícias
- Publicidade -spot_img
Mais notícias
- Publicidade -spot_imgspot_img

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here